Untitled Document
 
Varejistas esperam melhor Natal desde 2005, aponta Serasa
 
A parcela de varejistas que esperam aumento do faturamento no Natal deste ano em relação ao do ano passado subiu para 69%, ante 53% em 2009, maior resultado desde 2005, apontou uma pesquisa com 1.001 executivos do setor feita pela Serasa Experian. Os consultados esperam em média um faturamento 10,5% maior que em 2009.

Segundo o estudo divulgado nesta quarta-feira, 33% dos varejistas preveem que o gasto médio com presentes na data seja de até R$ 50; 34% de R$ 51 a R$ 100; 18% de R$ 101 a R$ 200; 8% de R$ 201 a R$ 300; 4% de R$ 301 a R$ 500; e 3% veem gasto acima de R$ 500.

A região Sul do País, segundo a pesquisa, concentrou os varejistas mais otimistas em relação ao gasto médio: 70% afirmaram esperar gasto de R$ 100 no presente, seguida por Sudeste (69%) e Centro-Oeste (64%).

De acordo com a Serasa, 36% das compras à vista para o Natal serão realizadas com dinheiro, 25% com cartão de crédito e 19%, cartão de débito, enquanto as vendas a prazo serão, em sua maioria, feitas com cartão de crédito (46%) e cheque pré-datado (29%).

A maior oferta de presentes será de roupas, sapatos e acessórios, conforme afirmaram 30% dos consultados na pesquisa, seguido de celulares (23% das respostas) e eletrônicos (20%).
 
Fonte: Redação Terra
 
   
 

08/12/2010

Varejistas esperam melhor Natal desde 2005, aponta Serasa